Usiminas elege 8 para conselho de administração

A Usiminas aprovou em assembleia de acionistas, nesta terça-feira, 16, a eleição de oito membros para o conselho de administração. Com 14,3% do capital ordinário e 20,69% do preferencial da Usiminas, a CSN se absteve de participar da votação. Segundo fontes, a siderúrgica de Benjamin Steinbruch não chegou a mandar um representante ao local.

FERNANDA NUNES E MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

16 de abril de 2013 | 18h52

Os minoritários, que não conseguiram a adesão de 80% de seus quadros à assembleia e nem o apoio da CSN, viram frustrada a intenção de obter a segunda cadeira no conselho. A primeira vaga de minoritárias coube à Previ, que reconduziu Aloisio Macário Ferreira de Souza.

Na ata da AGE, divulgada nesta tarde, a empresa informou que o engenheiro Paulo Penido Pinto Marques foi reeleito presidente do conselho de administração. Também foram eleitos como conselheiros Fumihiko Wada, Eiji Hashimoto, Daniel Agustín Novegil, Roberto Caiuby Vidigal, Alcides José Morgante e Rita Rebelo Horta de Assis Fonseca.

Tudo o que sabemos sobre:
Usiminasconselhoeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.