Vale adere à plataforma de venda de minério na China

A plataforma de negociação é uma tentativa de estabelecer uma precificação alternativa aos índices de minério de ferro mundiais no mercado físico

Agência Estado,

17 de abril de 2012 | 08h04

A mineradora Vale assinou um acordo para aderir à plataforma de negociação de minério de ferro à vista (spot) da China, afirmou a China Beijing International Mining Exchange, que opera a plataforma, em um comunicado.

A maior produtora do mundo de minério de ferro é a terceira maior produtora à aderir à plataforma, após a adesão da Fortescue Metals Group e a Rio Tinto no ano passado. A BHP Billiton, outra rival da mineradora brasileira, não disse se aderirá à plataforma chinesa.

A plataforma de negociação é uma tentativa de estabelecer uma precificação alternativa aos índices de minério de ferro mundiais no mercado físico. Os sistema foi lançado em janeiro e é apoiado pela Associação de Ferro e Aço da China (Cisa, em inglês). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ValeChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.