Vale aumenta oferta por Xstrata para perto de US$90 bilhões

A Vale aumentou sua oferta paraa compra da mineradora anglo-suíça Xstrata para cerca de 90bilhões de dólares, ou 47 libras por ação, informou nestaquinta-feira uma fonte próxima à negociação. A primeira oferta informal, de 40 libras por ação, foirejeitada pelos acionistas da Xstrata e somava um preço totalde 76 bilhões de dólares. A Vale já teria garantido um empréstimo de 50 bilhões dedólares junto a um pool de bancos. Procurada pela Reuters, a assessoria de imprensa da Valedisse que não iria comentar o assunto. Outra fonte próxima da empresa informou que opresidente-executivo da Vale, Roger Agnelli, e o diretorfinanceiro da companhia, Fábio Barbosa, estão em Londres, sededa Xstrata. Qualquer oferta formal que venha a ser encaminhada para amineradora anglo-suíça deverá posteriormente ser apresentadapor Agnelli ao conselho de administração da Vale, paraaprovação. A empresa brasileira fechou nos últimos dias vários acordoscom siderúrgicas na Ásia e na Europa para elevar o preço dominério de ferro que exporta entre 65 e 71 por cento. O produto é responsável por 40 por cento da receita da Valee analistas afirmaram que os novos contratos garantiriam umreforço no fluxo de caixa, o que poderia contribuir para queuma nova oferta de compra da Xstrata seja apresentada.

DENISE LUNA, REUTERS

21 de fevereiro de 2008 | 10h04

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAVALEXSTRATA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.