Vale considera 'benigno' o cenário para preço do minério

O preço atual do minério de ferro reflete uma situação de acomodação e demonstra mais equilíbrio entre oferta e demanda do produto. A avaliação é do diretor executivo de Finanças e de Relações com Investidores da Vale, Luciano Siani. "Os preços exuberantes do passado não irão existir mais, mas o cenário é benigno nos próximos 10 a 15 anos", disse o executivo, durante evento em São Paulo nesta quarta-feira.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

21 de novembro de 2012 | 16h01

O preço da tonelada do insumo está hoje em cerca de US$ 120, mas chegou a atingir um patamar próximo de US$ 190 no ano passado. Segundo Siani, o valor mostrava o desequilíbrio entre a oferta e a demanda.

O executivo afirmou que a Vale ainda aguarda crescimento da economia chinesa, embora em menor porcentual do que o observado no passado. "A urbanização da China ainda está no meio do caminho." Ele também declarou que um dos desafios da empresa é diminuir seus custos para conseguir entregar minério competitivo à China.

Tudo o que sabemos sobre:
Valeminério de ferropreço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.