Vale continua líder em exportações, com US$ 16,4 bi

A Vale exportou US$ 16,453 bilhões (preço FOB) de janeiro a agosto deste ano, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A cifra se refere a preço FOB (sigla em inglês para Free on board, que significa que a responsabilidade do exportador acaba quando a mercadoria entra no navio).

DAYANNE SOUSA, Agencia Estado

23 de setembro de 2013 | 17h41

O resultado mantém a mineradora na liderança do ranking das maiores exportadoras do Brasil. A diferença acumulada das receitas de exportação da empresa em relação à segunda colocada, a Petrobras, se manteve nos níveis do mês anterior. As exportações da Vale superam as da estatal petrolífera em 111%.

O total exportado no acumulado dos oito primeiros meses do ano pela Vale é 0,96% menor do que o observado no mesmo período do ano anterior. No caso da Petrobras, houve um recuo de 50,16% ante as receitas obtidas em igual período do ano passado e a companhia encerrou o intervalo com total de US$ 7,767 bilhões em exportações.

Considerando apenas agosto, as exportações da Vale somaram US$ 2,058 bilhões, recuo de 9,15% sobre o mesmo período de 2012. As exportações da Petrobras no mês passado chegaram a US$ 950,081 milhões, retração de 60,15%.

Em agosto, a média do preço do minério de ferro nas exportações foi de US$ 84,7 a tonelada, queda de 15,5% ante igual intervalo do ano passado. Em relação a julho, o preço foi 5,7% inferior.

Depois de Vale e Petrobras, que encabeçam a lista dos maiores exportadores do País, estão Bunge, Cargill, ADM do Brasil e BRF.

Tudo o que sabemos sobre:
ValePetrobras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.