Vale e japonesas devem fechar este mês ajuste de 100%, diz jornal

Novo preço quase certamente será um recorde, excedendo o pico anterior de US$ 77 por tonelada no ano fiscal de 2008

Danielle Chaves, da Agência Estado,

29 de março de 2010 | 10h06

Grandes siderúrgicas japonesas e a brasileira Vale deverão chegar a um acordo para aumento no preço do minério de ferro para cerca de US$ 110 por tonelada no fim deste mês, segundo o jornal Yomiuri Shimbun, que citou fontes próximas ao assunto. Com o acordo, o preço vai quase dobrar em relação ao ano fiscal de 2009.

 

O novo preço, que deverá ser aplicado a partir de abril, quase certamente será um recorde, excedendo o pico anterior de US$ 77 por tonelada no ano fiscal de 2008. Segundo o jornal, as siderúrgicas japonesas também estão negociando preços com outras duas mineradoras gigantes e provavelmente vão chegar a acordos similares sobre preços.

 

Até agora as siderúrgicas revisam os preços anualmente, mas provavelmente vão concordar com a introdução de um novo sistema sob o qual os preços serão revisados a cada três meses - um movimento que poderá levar a mais aumentos de preço em julho ou depois.

 

Em razão do rápido aumento da demanda por minério de ferro na China e em outras economias emergentes, o preço médio do minério à vista subiu para entre US$ 130 e US$ 150 por tonelada desde fevereiro - acima do nível de US$ 60 no mesmo período do ano passado.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Valesiderúrgicasminérioferro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.