Vale fecha alta do minério com empresa de Taiwan

A Vale anunciou na segunda-feiraque fechou acordo com a China Steel, de Taiwan, para ajuste dopreço do minério de ferro em 65 por cento para 2008, a partirde abril. Assim como nos demais ajustes divulgados este mês pelagigante brasileira da mineração, o minério da mina de Carajás,no Pará, receberá um prêmio, por ser de maior qualidade, de0,0619 dólar por unidade de ferro acima do preço do minérioproduzido no Sistema Sul e Sudeste da empresa. O valor significa um ajuste de 71 por cento em relação aopreço para Carajás em 2007. "Os preços para 2008 refletem a continuidade do excesso dedemanda no mercado global de minério de ferro", afirmou a Valeem um comunicado. Na última semana, a Vale anunciou acordo com quase todos osseus principais clientes, como a japonesa Nippon Steel e acoreana Posco, as primeiras a concordarem com o novo preço, quesuperou as expectativa do mercado e foi seguido pelos demaisclientes. Já fecharam também com a Vale as japonesas Nisshin,Sumitomo, Kobe e JFE; as européias Thyssen, da Alemanha, eIlva, da Itália; e a chinesa Baosteel. Entre os grandesclientes falta o contrato da ArcelorMittal. O preço do minério de ferro deu um salto de mais de 300 porcento na última década, puxado principalmente pelo crescimentoda economia chinesa. (Por Denise Luna)

REUTERS

25 de fevereiro de 2008 | 11h04

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAVALE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.