Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Vale instala comitê de nomeação para assessorar eleição do conselho administrativo em abril

O comitê será dissolvido logo após a apresentação de seu relatório contendo a lista de nomes dos candidatos recomendados para a eleição, segundo comunicado da empresa enviado à CVM

Victoria Netto, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2022 | 12h22

A Vale comunicou ao mercado nesta sexta-feira, 28, que seu conselho administrativo aprovou a instalação de um comitê de nomeação para assessorar o processo de eleição do Conselho que ocorrerá na próxima assembleia geral ordinária, em 29 de abril de 2022. O comitê será coordenado pelo atual presidente do conselho administrativo e será composto por maioria de membros independentes que atualmente fazem parte do conselho.

Segundo consta em comunicado enviado à Comissão de Valores Imobiliários (CVM), o comitê será dissolvido logo após a apresentação de seu relatório contendo a lista de nomes dos candidatos recomendados para a eleição do novo conselho de administração, bem como os nomes indicados para presidência e vice-presidência do conselho.

Conforme comunicado ao mercado de 22 de novembro de 2021, considerando que o atual conselho de administração foi eleito pelo regime do voto múltiplo e houve renúncia de um membro do colegiado, a próxima assembleia geral de acionistas deve proceder à eleição de todo o conselho administrativo.

Em 2022, a Vale pretende investir US$ 5,8 bilhões em 2022, incluindo plantas de filtragem de rejeitos, descaracterização de barragens a montante e outras frentes de crescimento. Para os próximos anos , a Vale estima investimentos na faixa de US$ 5 bilhões a US$ 6 bilhões anualmente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.