Vale nega ter feito novo comunicado ao mercado sobre preço do minério

Em nota, mineradora diz que mudanças na política comercial serão informadas nas demonstrações trimestrais da empresa

Agência Estado,

23 de março de 2010 | 14h50

A Vale informou nesta terça-feira, 23, em esclarecimento sobre notícias a respeito de mudanças no sistema de precificação do minério de ferro, que "não fez qualquer novo comunicado ao mercado de capitais sobre preços de seus produtos."

 

No comunicado, a mineradora reitera que "nos últimos tempos" implementou uma nova política comercial, mais flexível quanto à forma de venda, se C&F, quando o exportador paga o custo e o frete necessários para que os produtos cheguem ao destino; ou FOB, em que o cliente paga o custo e o frete necessários para que os produtos cheguem ao destino. A Vale explica que "tal política reflete a realidade de mercado e as necessidades específicas de cada cliente".

 

A Vale encerra a nota dizendo que os resultados de seus esforços comerciais serão publicamente apresentados por ocasião da divulgação regular das demonstrações trimestrais.

 

Em nota da Agência Estado desta terça, segundo uma fonte, a companhia vem negociando com clientes um novo sistema de precificação, que tem como base o preço do minério de ferro no mercado spot e reajustes trimestrais, a ser adotado a partir de abril, quando vencem os contratos fechados com siderúrgicas da Ásia.

 

O Credit Suisse calcula que o aumento médio do preço do minério de ferro em 2010 pela Vale em relação ao valor de referência(benchmark) fechado no ano passado de US$ 57 por tonelada seria de 95%, caso adotasse o sistema de indexação de preços da consultoria especializada em commodities Platts e se esse valor se mantiver até o fim do ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Valepreçosminério de ferropolítica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.