Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Vale: negociação com a China sobre navios não avança

A Vale ainda não conseguiu evoluir a sua negociação com a China para conseguir atracar no país os seus navios gigantes de minério de ferro, chamados Valemax. Segundo o diretor de Ferrosos e de Estratégia da Vale, José Carlos Martins, a companhia busca outras alternativas para tais navios.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

26 de julho de 2012 | 15h32

O executivo disse que a mineradora já pediu, por exemplo, autorização para atracar seus navios no portos da Malásia e Filipinas. "Com essas medidas teremos alternativas de colocação dos 35 navios construídos ou em construção, independente deles pararem na China", disse.

Por outro lado, Martins disse que é na China onde a economia está mais favorável para receber esses navios, "mas que a Vale está se preparando para passar por uma situação onde isso não será possível". Os navios Valemax, também conhecidos como VLOC, são capazes de transportar 400 mil toneladas de minério de ferro, e não conseguiram obter acesso aos portos da China.

Tudo o que sabemos sobre:
ValeChinanavios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.