Vale registra produção recorde de minério de ferro no 3º trimestre

Segundo relatório da companhia, produção aumentou 3,1% no período, para 85,7 milhões de toneladas

Mariana Durão, O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2014 | 09h51

RIO - A produção de minério de ferro da Vale alcançou 85,731 milhões de toneladas no terceiro trimestre de 2014, volume 3,1% acima do registrado no mesmo período do ano passado e superior em 7,9% ao registrado no segundo trimestre de 2014.

O volume exclui a produção da Samarco e, de acordo com a mineradora, foi sua melhor performance histórica. O último recorde de produção da companhia foi de 85 milhões de toneladas, no terceiro trimestre de 2011.

A produção no sistema Norte (Carajás) alcançou um nível histórico de produção de 32,2 milhões de toneladas, contra os 29,793 milhões de toneladas do terceiro trimestre de 2013. Já em relação ao trimestre imediatamente anterior, a produção teve uma expansão de 9,8%.

De acordo com o relatório de produção, o bom desempenho operacional foi devido aos ramp-ups (curva de maturação) da  Planta 2, em Carajás, e de Conceição Itabiritos, no Sistema Sudeste.

Nos primeiros nove meses do ano, a Vale produziu 236,2 milhões de toneladas de minério, outro recorde de produção, contra os 232,2 milhões de toneladas  nos nove primeiros meses de 2013.

No sistema Sudeste, a produção somou  28,714 milhões de toneladas de julho a setembro, 3,5% abaixo dos 29,743 milhões do mesmo período de 2013. Na comparação com o trimestre encerrado em junho deste ano, a produção subiu 8,5%.

O sistema Sul da Vale produziu 23,236 milhões de toneladas, volume 7% superior aos 21,713 milhões apurados no terceiro trimestre do ano passado. Na comparação com o segundo trimestre deste ano, o volume produzido subiu 4,1%.

O sistema Centro-Oeste produziu 1,629 milhão de toneladas, volume 12,9% abaixo do 1,869 milhão do terceiro trimestre de 2013, mas 17,9% maior que o  verificado no segundo trimestre deste ano.

Já a produção da Samarco atingiu 3,761 milhões de toneladas, 35,7% acima dos 2,772 milhões de toneladas do mesmo período do ano passado e 19,5% superior aos 3,148 milhões do segundo trimestre deste ano.

A produção de pelotas da mineradora somou 11,444 milhões de toneladas de julho a setembro, alta de 17,6% em relação ao mesmo período do ano passado.  

Carvão. A produção de carvão da Vale atingiu o patamar de 2,340 milhões de toneladas no terceiro trimestre de 2014. O resultado significou recuo de 1,5% ante a produção de igual período do ano passado e alta de 5,9% na comparação com o segundo trimestre deste ano.

A companhia explicou que o crescimento frente ao período de abril a junho se deveu principalmente ao melhor desempenho operacional das minas de Carborough Downs (CD), Moatize e Issac Plains.

No terceiro trimestre a Vale produziu 1,759 milhão de toneladas em carvão metalúrgico, uma queda de 3,6% ante o mesmo trimestre de 2013 e alta de 5,3% frente ao trimestre imediatamente anterior. Já a produção de carvão térmico somou 582 mil toneladas, alta de 5,2% e 8,0%, respectivamente, em relação ao mesmo intervalo do ano passado e ante o segundo trimestre deste ano.

Entre julho e setembro de 2014 Moatize produziu 1,296 milhões de toneladas, sendo 828 mil de carvão metalúrgico e 468 mil de carvão térmico. A produção do carvão metalúrgico e o do carvão térmico aumentou 16,1% e 2,4%, respectivamente, na comparação com o trimestre imediatamente anterior. De acordo com a Vale, o mix de carvão melhorou com a priorização da abertura de novas frentes de lavra.

A Vale destaca que o último embarque de Integra Coal, na Austrália, ocorreu em 24 de setembro. A mina foi colocada em "care and maintenance" no segundo trimestre do ano, o que resultou na suspensão da atividade do longwall. A produção a céu aberto continuou ao longo do terceiro trimestre em capacidade reduzida, até cessar.

A mineradora prevê a desaceleração da produção da também australiana Isaac Plains ao longo do quarto trimestre, declarada em "care and maintenance em 29 de setembro. De julho a setembro a produção da unidade foi de 295 mil toneladas, um aumento em relação às 197 mil toneladas registradas no 2T14. Segundo a empresa, a mina se beneficiou da confiabilidade consistente dos equipamentos e condições climáticas favoráveis. 

Tudo o que sabemos sobre:
Valeproduçãominério de ferro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.