Valor da Apple cresceu uma Petrobras em 2012

Desde a morte de Steve Jobs, em 5 de outubro do ano passado, a norte-americana Apple viu seu valor de mercado saltar de US$ 350,7 bilhões para US$ 560,4 bilhões até ontem. Apenas em 2012, conforme estudo divulgado hoje pela consultoria Economatica, o valor da companhia subiu US$ 184 bilhões - o equivalente a mais de uma Petrobras, cujo valor total em bolsa é de US$ 179,8 bilhões.

FABRÍCIO DE CASTRO, Agencia Estado

20 de março de 2012 | 10h57

Mesmo sem o comando de Jobs, a companhia vem se mantendo na vanguarda do setor tecnológico, com forte presença nos mercados de tablets e celulares inteligentes. Ontem, a empresa anunciou que vendeu 3 milhões de unidades do novo iPad - a terceira versão de seu tablet. Além disso, informou que vai pagar dividendos pela primeira vez em 17 anos, o que contribuiu para a alta dos papéis da companhia em Nova York.

De acordo com a Economatica, o valor de mercado da Apple, de US$ 560,4 bilhões, é superior ao valor de todas as empresas mexicanas de capital aberto, que equivale a US$ 457,7 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
APPLEVALOR DE MERCADOCRESCIMENTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.