Varejo mostra preocupação com estoque de iPad 2

O iPad 2 chega mesmo amanhã às lojas brasileiras. Os varejistas, no entanto, estão preocupados com a pequena quantidade do produto trazida pela Apple ao País. Segundo fontes do mercado, vieram menos unidades que no lançamento da versão anterior do tablet (computador em forma de prancheta), e o iPad 2 pode acabar antes de terminar o primeiro dia de vendas. Houve varejistas que receberam somente de 200 a 300 unidades para toda a rede.

FILIPE TAVARES SERRANO E RENATO CRUZ, Agencia Estado

26 de maio de 2011 | 11h17

A partir da meia-noite, o iPad 2 começará a ser vendido no Shopping Iguatemi, em São Paulo, na Apple Online Store e em varejistas virtuais. Além do Brasil, o tablet será lançado amanhã em países como Índia, Rússia, Ucrânia e Chile. Na noite de terça-feira, Saraiva e Fast Shop publicaram em seus sites os preços oficiais do aparelho.

Assim como em todos os países em que lançou o iPad 2, a Apple vai manter o mesmo preço cobrado anteriormente pelo primeiro modelo no Brasil, a partir de R$ 1.650. A versão mais simples custará R$ 1.649, com Wi-Fi e espaço de armazenamento de 16 gigabytes (GB). A versões de 32 GB e 64 GB, também apenas com conexão Wi-Fi, custarão R$ 1.899 e R$ 2.199 respectivamente.

Já os modelos com conexão 3G são mais caros e custam R$ 2.049 (16 GB), R$ 2.299 (32 GB) e R$ 2.599 (64 GB). Os valores são à vista e não incluem eventuais pacotes de dados 3G de operadoras para acessar a internet usando o tablet. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
iPad 2varejoestoquevendasBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.