Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vazamento de gasoduto na China pode custar milhões de dólares

Vazamento obrigou a Cooc a interromper a operação e cortou a produção em 26,7 mil barris de petróleo equivalente por dia

Álvaro Campos, da Agência Estado,

20 de dezembro de 2011 | 09h09

A petroleira Cnooc ainda não deu detalhes sobre um acidente com um gasoduto subaquático perto de Zhuhai, no sul da China, que a obrigou a paralisar a produção, o que pode custar milhões de dólares. Hoje as ações da companhia fecharam em queda de 0,59% na Bolsa de Hong Kong.

Ontem, a companhia afirmou em comunicado que o vazamento a obrigou a interromper a operação e cortou a produção em 160 milhões de pés cúbicos de gás natural, ou 26,7 mil barris de petróleo equivalente por dia. Ainda não foi divulgado um cronograma para a normalização da operação.

O preço médio do gás produzido pela Cnooc no terceiro trimestre ficou em US$ 5,18 por mil pés cúbicos, segundo divulgado recente pela companhia. De acordo com os cálculos da Dow jones, isso significa uma perda diária de quase US$ 830 mil com o acidente em Zhuhai.

A Cnooc interrompeu a produção em "plataformas relevantes" nos campos de Panyu e Huizhou, que estavam produzindo gás para um terminal de processamento onshore em Zhuhai. Segundo a companhia, o acidente não deixou feridos nem causou danos ambientais e a situação está sob controle. As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
CnoocChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.