Venda de aço plano por distribuidores do Brasil cai 12% em setembro

A venda de aços planos por distribuidores do Brasil caiu cerca de 12 por cento em setembro sobre o mesmo período do ano passado, segundo dados do setor divulgados pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) a analistas do setor.

REUTERS

21 de outubro de 2014 | 10h47

Segundo relatórios de analistas enviados nesta terça-feira, o Inda divulgou na véspera que as compras de aço plano pelos distribuidores junto às usinas siderúrgicas, por sua vez, caíram 13 por cento no mês passado sobre setembro de 2013.

As vendas de aços planos somaram 362 mil toneladas em setembro e as compras foram de 351 mil toneladas. Com isso, os estoques, segundo os analistas, se mantiveram elevados e correspondendo a 2,9 meses de vendas.

A divulgação ocorreu depois que o Instituto Aço Brasil (IABr), que representa as siderúrgicas, publicou que a produção de setembro de aço bruto caiu 3,8 por cento sobre um ano antes enquanto as vendas recuaram 10,7 por cento.

Na comparação com agosto, os distribuidores de aços planos tiveram alta ligeira de 0,3 por cento nas vendas e de cerca de 1 por cento nas compras, segundo a nota do Credit Suisse.

Na avaliação de analistas do Credit Suisse, "as empresas (siderúrgicas) não devem ter outra alternativa a não ser aumentar exportações, incluindo de produtos semi-acabados a uma provável margem negativa".

Segundo relatório da Brasil Plural, o Inda "não acredita que outubro deverá trazer melhora na demanda por aço, visão que apoiamos, e estima que as vendas sejam estáveis na comparação mensal de novo".

(Por Alberto Alerigi Jr., com reportagem adicional de Guillermo Parra-Bernal e Paula Laier, edição de Marcela Ayres)

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAINDAANALISTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.