Venda de carro da Volkswagen cai 5% no Brasil no 1º tri

A alemã Volkswagen amargou queda nas vendas de carro no primeiro trimestre no Brasil. Balanço divulgado nesta segunda-feira, 29, pela montadora na Alemanha mostra que a companhia vendeu 132.671 carros de janeiro a março deste ano no País, queda de 5% na comparação com igual período do ano passado. Com a retração, a participação da companhia no mercado nacional de carros caiu de 22,4% para 20,9%. A venda de veículos comerciais, porém, subiu.

FERNANDO NAKAGAWA, CORRESPONDENTE, Agencia Estado

29 de abril de 2013 | 14h12

No balanço, a montadora afirmou que a queda do resultado em veículos de passeio está diretamente ligada à base de comparação, já que o primeiro trimestre de 2011 havia "excedido todas as expectativas em recorde histórico para o período". A montadora reconhece, porém, que a economia do Brasil "caiu consideravelmente" no ano passado. "No entanto, há sinais de recuperação no quarto trimestre de 2012, que continuaram nos três primeiros meses de 2013".

O segmento de veículos comerciais foi na trajetória contrária e cresceu 7,6% no Brasil na mesma base de comparação. Ao todo, foram entregues 46.661 unidades no País nos três primeiros meses do ano, sendo 27.931 veículos comerciais leves, 15.527 caminhões e 3.203 ônibus.

No balanço, a companhia citou que, após a mudança de ritmo nas vendas com a adoção do padrão Euro 5 nos combustíveis, o mercado dá sinais de alguma reação. Para a montadora, "financiamentos com condições mais favoráveis oferecidos pelo BNDES e programas governamentais de estímulo" estão ajudando o setor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.