Venda de veículos gerou receita líquida de R$ 164 bi em 2009

Já o comércio de peças para veículos teve receita líquida de R$ 51,9 bilhões

Daniela Amorim, da Agência Estado,

29 de junho de 2011 | 10h07

A venda de veículos automotores gerou uma receita líquida de R$ 163,8 bilhões em 2009, segundo a Pesquisa Anual do Comércio, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O montante corresponde às revendas de 22 mil empresas do comércio de veículos automotores, peças e motocicletas, 70,8% da receita desse segmento do comércio.

Já o comércio de peças para veículos teve receita líquida de R$ 51,9 bilhões, 22,4% do total, enquanto o comércio de motocicletas, peças e acessórios gerou R$ 15,8 bilhões, 6,8% do montante geral.

As atividades do comércio de veículos automotores, peças e motocicletas ocuparam, em média, 6 pessoas por empresa e pagaram 2,1 salários mínimos por pessoa ocupada. A atividade de revenda de veículos teve uma média de 12 pessoas ocupadas por empresa e um salário médio de 3,1 salários mínimos.

Tudo o que sabemos sobre:
veículosIBGEcomércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.