Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Venda de veículos poderá cair 0,5% em 2015, prevê Fenabrave

Após registrar em 2014 o pior resultado em 12 anos, com redução de 7,1% na venda de automóveis, entidade prevê queda menor no ano

Igor Gadelha, O Estado de S. Paulo

06 de janeiro de 2015 | 11h11

Após uma queda de 7,15% nas vendas em 2014 ante 2013 - a pior redução porcentual em 12 anos -, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) prevê que as vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus devem cair 0,53% em 2015 ante o anterior.

Entre os segmentos, o maior declínio de 2015 deve ser registrado no total de emplacamentos de caminhões e ônibus (queda de 1,10%). Automóveis e comerciais leves, por sua vez, devem recuar 0,50% neste ano, segundo projeção da entidade.

Em 2015, a Fenabrave prevê que serão emplacadas 3.479.343 milhões de unidades em todo o Brasil, sendo 2.479.925 milhões de automóveis, 832.191 comerciais leves, 135.410 mil caminhões e 31.817 ônibus.

No ano passado, as vendas totais desses veículos somaram 3.497.811 unidades. Somados as motocicletas emplacadas, a federação prevê que as vendas devem cair apenas 0,43% neste ano ante 2014, com 4.906.418 milhões de unidades comercializadas em todo o País. Os dados de 2014 foram antecipados pelo Estado na semana passada.

Tudo o que sabemos sobre:
industria automobilisticavendas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.