Vendas da Energias do Brasil sobem 2,8% no 2o trimestre

O volume de energia vendida edistribuída pela Energias do Brasil, subsidiária da Energias dePortugal, cresceu 2,8 por cento no segundo trimestre do ano,ante igual período do ano anterior, anunciou a EDP nasegunda-feira. A empresa informou, em um comunicado, que o crescimento dasvendas nas classes residencial e comercial se deve a um aumentodo consumo per capita e também do número de clientes. "O volume total de energia distribuída cresceu 2,8 porcento no segundo trimestre de 2008, em relação ao mesmo períodode 2007, e 2,6 por cento, no acumulado do ano comparado aomesmo período do ano anterior", informou a nota. No segmento industrial, segundo a EDP, foi registrada umarecuperação impulsionada pelas atividades têxtil e de mineraisnão-metálicos. A Energias do Brasil é uma holding que consolida ativos deenergia elétrica da EDP nas áreas de geração (Enernova,Energest, Enerpeixe e EDP Lajeado), comercialização (Enertrade)e distribuição (Bandeirante, Escelsa e Enersul). Segundo comunicado no site da empresa no Brasil, oincremento residencial e comercial foi impulsionado pelocrescimento da Bandeirante (SP) e da Escelsa (ES), enquanto aárea industrial teve como destaque a Enersul (MS). (Por Ruben Bicho)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.