Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vendas da GlaxoSmithKline caem no 2o tri, mas lucro cresce

As vendas da GlaxoSmithKline recuaram 4 por cento no segundo trimestre, mas a queda foi menor que a vista nos períodos anteriores, enquanto o lucro foi superior ao apurado um ano antes, quando a maior farmacêutica britânica sofreu impacto de custos causados por um grande encargo judicial.

REUTERS

26 de julho de 2011 | 09h02

O presidente-executivo da companhia, Andrew Witty, reiterou nesta terça-feira estar confiante que a GSK retome o crescimento de vendas em 2012, enquanto se recupera de uma série de perdas de patentes antes de suas principais rivais.

As vendas no trimestre passado somaram 6,72 bilhões de libras, recuo de 4 por cento, praticamente em linha com as estimativas de analistas, enquanto nos trimestres anteriores as quedas haviam sido de 10 e 11 por cento.

O mercado projetava vendas de 6,73 bilhões de libras nos três meses até junho, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

O lucro trimestral, conforme esperado, foi maior em relação ao ano passado, quando a empresa foi afetada por um encargo legal de 1,6 bilhão de libras. No segundo trimestre o lucro por ação foi de 25 centavos de libra, comparado à estimativa de mercado de 25,3 centavos e ganho de 2,6 centavos de libra um ano antes.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASGLAXORESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.