Vendas da Toyota nos EUA sobem 35% em março ante 2009

Segundo executivo da empresa, companhia está revendo planos de incentivo a vendas e avaliando se manterá financiamento com zero por cento de juros

Reuters,

30 de março de 2010 | 18h16

As vendas da Toyota Motors nos Estados Unidos saltaram cerca de 35% em março em relação ao mesmo mês do ano passado, depois de ofertas da montadora para reconquistar consumidores que haviam fugido após o grande número de recalls.

O diretor de vendas da Toyota nos EUA, Jim Lentz, afirmou que a companhia está revendo os planos de incentivo a vendas para abril, além de estar avaliando se manterá o financiamento com zero por cento de juros e outros descontos sem precedentes depois de março.

"Por uma semana ou mais em janeiro nós perdemos muita força no mercado. Nós precisamos ter certeza de que o mercado e nossos revendedores entenderam que nós estamos abertos para os negócios", disse Lentz a repórteres nesta terça-feira, 30. "Os incentivos são um plano de curto prazo. Nossa intenção não é mantê-los por um longo período."

Segundo Lentz, o desempenho da Toyota nos EUA em março superou a média da indústria. Em março de 2009, a montadora japonesa vendeu 132.802 veículos no mercado norte-americano. As grandes montadoras dos EUA devem divulgar seu desempenho referente a março na quinta-feira.

Atingida por uma onda de recalls, a participação de mercado da Toyota nos EUA caiu para 13,4% nos primeiros dois meses do ano, abaixo dos cerca de 17% em todo o ano de 2009. A maior montadora do mundo ficou atrás da General Motors e da Ford em vendas nos EUA em 2010 até agora.

Tudo o que sabemos sobre:
ToyotaEUAvendascrescimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.