Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Vendas de aço no Brasil caem 3,3% em agosto ante julho--IABr

As vendas de aço no mercado interno brasileiro em agosto totalizaram 1,8 milhão de toneladas de produtos, queda de 3,3 por cento contra julho e aumento de 22,4 por cento na comparação com agosto de 2009, informou nesta terça-feira o Instituto Aço Brasil (IABr).

REUTERS

21 de setembro de 2010 | 17h38

No acumulado do ano até agosto, as vendas chegaram a 14,5 milhões de toneladas, crescimento de 47,7 por cento frente ao mesmo intervalo do ano passado, quando a crise global prejudicou a demanda por produtos siderúrgicos também no mercado brasileiro.

O IABr também divulgou dados relativos à produção de aço no país no último mês. Mais cedo, a Associação Mundial de Aço (WSA, na sigla em inglês) já havia disponibilizado dados globais com números individuais de países, inclusive os do Brasil.

Segundo o IABr, a produção brasileira de aço bruto em agosto foi de 2,9 milhões de toneladas, alta de 1,2 por cento sobre julho e avanço de 7,8 por cento na comparação anual. O volume foi similar ao reportado pela WSA mais cedo, porém pelos dados históricos da associação houve queda de 2,2 por cento na produção contra julho, e não alta como apontou o IABr.

Em laminados, de acordo com o IABr, a produção no Brasil em agosto atingiu 2,1 milhões de toneladas, queda de 14 por cento frente ao mês anterior e alta de 5,7 por cento sobre agosto do ano passado.

As importações de aço em agosto ficaram em 562 mil toneladas, representando 535 milhões de dólares. Nos oito primeiros meses do ano, as compras de produtos vindos do exterior atingiram 3,8 milhões de toneladas, avanço de 155,6 por cento contra um ano antes.

Já as exportações de produtos siderúrgicos em agosto ficaram em 585 mil toneladas, com valor de 414 milhões de dólares. No ano até agosto, as vendas externas totalizaram 5,4 milhões de toneladas (alta de 3,9 por cento) e 3,4 bilhões de dólares (crescimento de 17,6 por cento).

(Texto de Cesar Bianconi)

Tudo o que sabemos sobre:
SIDERURGIAIABRAGOSTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.