Vendas de imóveis novos nos EUA sobem 26,9% em março

Em relação a março do ano passado, houve aumento de 23,8%, a maior alta em quase cinco anos

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

23 de abril de 2010 | 11h15

As vendas de imóveis residenciais novos saltou em março, refletindo a corrida de compradores para assegurar o benefício fiscal concedido pelo governo, previsto para expirar ao final de abril. Em relação a março do ano passado, a alta foi a maior em quase cinco anos.

 

Segundo informou o Departamento do Comércio, as vendas de imóveis residenciais novos subiram 26,9% em março, para a taxa anual sazonalmente ajustada de 411 mil. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam que as vendas subissem 5,5%, para a taxa anual de 325 mil.

 

Em relação a março do ano passado, as vendas subiram 23,8% em março.

 

Os estoques de novas residenciais disponíveis para a venda cresceram 2,1% em março para 228 mil em comparação a fevereiro. Esse volume é capaz de atender a demanda atual de vendas por 6,7 meses, abaixo dos 8,6 meses de fevereiro.

 

O preço médio dos imóveis novos subiu 4,3% em março, em base anual, para US$ 214 mil. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.