Vendas de materiais crescem 6,48% em maio ante abril, diz Abramat

Nos últimos 12 meses, as vendas apresentam alta acumulada de 4,41%

Fabiana Holtz, da Agência Estado,

22 de junho de 2011 | 10h11

As vendas internas de materiais para construção cresceram 6,48% em maio frente ao mês anterior, de acordo com pesquisa mensal divulgada pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat). Em relação a maio de 2010, porém, houve queda de 0,85%. Este é o terceiro mês consecutivo de retração para o setor no comparativo com o mesmo mês do ano anterior, após 16 meses seguidos de alta.

No ano, as vendas mostram leve acréscimo de 0,57% na comparação com igual período do ano anterior. Já nos últimos 12 meses, as vendas apresentam alta acumulada de 4,41%.

Em nota, o presidente da entidade, Melvyn Fox, avalia que o resultado mostra que o setor continuará crescendo abaixo das expectativas previstas no início do ano, mas continuará a acompanhar a tendência da economia brasileira como um todo. No momento, a Abramat ainda prevê crescimento de 7% para as vendas em 2011. Entretanto, caso o ritmo de desaceleração na economia se mantenha, em julho a entidade revela que poderia rever essa estimativa para entre 5% e 6%.

No balanço mensal, as vendas de materiais de acabamento cresceu 7,8% em relação a um ano antes, superando o desempenho dos produtos de base, que mostraram queda de 4,93% no mesmo intervalo. Em relação a abril, as vendas aumentaram 5,93% e 6,77%, respectivamente. Já no acumulado do ano, enquanto as vendas de produtos de acabamento subiram 7,86% ante igual período do ano anterior, as de materiais básicos caíram 3%.

No período, o número de empregados na indústria de materiais cresceu 8,33% em relação a maio do ano passado. Na comparação com o mês anterior, o crescimento ficou em 1,15%. 

Tudo o que sabemos sobre:
vendasAbramatconstrução

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.