Vendas do Black Friday nos EUA crescem 6% neste ano

Americanos gastaram cerca de US$ 59 bilhões no tradicional dia de descontos; maratona de compras continua nesta segunda com o Cyber Monday

Economia & Negócios,

26 de novembro de 2012 | 14h44

Os americanos gastaram cerca de US$ 59 bilhões no Black Friday, com um recorde na porcentagem de compras pela internet, segundo dados da Federação Nacional de Vendas no Varejo (NRF) dos Estados Unidos.

Nos Estados Unidos, o Black Friday é uma das datas mais importantes para o varejo e envolve lojas físicas, onde os consumidores fazem fila à espera da abertura das portas, além do comércio online.

O evento da sexta-feira é seguido pelo Cyber Monday, dia de "saldão" no comércio eletrônico. A data pode movimentar US$ 1,5 bilhão nos Estados Unidos e superar em 20% o US$ 1,25 bilhão alcançado em 2011, segundo a Comscore.

Black Friday

Mais de 245 milhões de americanos escolheram a popular sexta-feira de descontos para ir às compras. O número de consumidores aumentou 9% em relação a 2011, e os gastos subiram 6%. Os americanos gastaram, em média US$ 423, frente aos US$ 398 de 2011.

O número de compradores pela internet no Black Friday passou de 86 para 89 milhões, um recorde histórico segundo os dados da NRF. Já de acordo com os cálculos da empresa de consultoria Comscore, pela primeira vez as compras na internet nas 24 horas de descontos superaram US$ 1 bilhão, com alta de 26% em relação a igual período do ano passado.

O evento acontece na sexta-feira seguinte ao feriado de Ação de Graças e marca o início da temporada de vendas de fim de ano, quando as varejistas aproveitam para limpar os estoques e sair do vermelho.

Com informações da Reuters, EFE e AP.

Tudo o que sabemos sobre:
black fridayeuabalançocyber monday

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.