Vendas do Grupo BMW em outubro sobem 11% com ajuda da China

Vendas do Grupo BMW em outubro sobem 11% com ajuda da China

O Mini registrou seu melhor outubro em vendas, impulsionado por um salto de 53,7%

REUTERS

11 de novembro de 2014 | 07h50

O Grupo BMW divulgou que as vendas de veículos BMW, Mini e Rolls-Royce subiram 11,1 por cento em outubro, para 184.297 unidades, graças a um aumento de 20 por cento nas vendas chinesas e à recuperação da demanda pelo Mini após a introdução de um novo modelo.

O Mini registrou seu melhor outubro em vendas, impulsionado por um salto de 53,7 por cento na demanda depois de um novo modelo com três portas ter chegado aos showrooms, disse a empresa nesta terça-feira, em comunicado.

As vendas de veículos da marca BMW subiram 10,8 por cento em outubro, a 155.120, com impulso da nova versão do X5 offroader, bem como da robusta demanda por seus sedãs das séries 3 e 5.

Outubro também viu vendas de 1.985 carros elétricos i3 da marca BMW, e 419 híbridos esportivos i8.

A BMW reiterou que está no caminho certo para atingir a meta de vender mais de dois milhões de veículos até o final do ano.

(Por Edward Taylor)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSBMWOUTUBRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.