Vendas no McDonald's têm primeira queda em 5 anos

Receita aumentou 6%, para US$ 5,61 bilhões. Analistas projetavam, em média, US$ 5,55 bilhões

Reuters,

22 de abril de 2008 | 12h22

O McDonald's informou nesta terça-feira que as vendas mensais em restaurantes norte-americanos abertos há mais de um ano caíram em março, a primeira queda mensal em cinco anos, ofuscando o lucro trimestral maior que o esperado e as fortes vendas fora dos Estados Unidos. As preocupações sobre a tendência de queda nas vendas nos Estados Unidos faziam as ações da empresa caírem. "Creio que o mercado está preocupado com as mudanças nas tendências do setor nos Estados Unidos", afirmou Larry Miller, analista no RBC Capital Makets. As vendas em restaurantes nos Estados Unidos abertos há pelo menos 13 meses subiram 2,9% no trimestre, com queda de 0,8% em março, afirmou a empresa. No último trimestre de 2007 o crescimento havia sido de 3,3%. A maior rede de restaurante do mundo teve lucro líquido de US$ 946,1 milhões, ou US$ 0,81 por ação, no primeiro trimestre, contra US$ 762,4 milhões, ou 0,62 dólar por ação, um ano antes. Segundo a Reuters Estimates, analistas esperavam um lucro de US$ 0,70 por ação. A receita aumentou 6%, para US$ 5,61 bilhões. Analistas projetavam, em média, US$ 5,55 bilhões. O McDonald's e seu concorrente Burger King Holdings têm apresentado um desempenho acima da média do setor, que vem sendo afetado pela alta no preço da gasolina e dos alimentos, além de baixas no mercado de trabalho e queda no valor das moradias.

Tudo o que sabemos sobre:
McDonald's

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.