Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Vendas nos supermercados crescem 4,54% em novembro

Segundo a Abras, resultado está em linha com o esperado e mostra que o setor não foi atingido pela crise internacional

Rodrigo Petry, da Agência Estado,

21 de dezembro de 2011 | 16h58

SÃO PAULO - As vendas reais do setor supermercadista cresceram 4,54% em novembro em relação ao mesmo mês de 2010, segundo divulgou nesta quarta-feira, 21, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em relação a outubro, houve queda, em termos reais, de 2,35%. No acumulado de janeiro a novembro, as vendas reais registram aumento de 3,98%. Os números estão deflacionados pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Segundo comunicado da Abras, o resultado das vendas se encontra em linha com a projeção do início do ano. "A despeito das turbulências no cenário internacional, o resultado de novembro mostra que as vendas do setor não foram atingidas, o que mostra que o mercado interno brasileiro está cada vez mais sólido. Esperamos que 2012 mantenha essa tendência", destacou a Abras, em nota à imprensa.

A cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK, apresenta alta de 1,54% no acumulado de janeiro a novembro. Já na comparação a outubro de 2010, em novembro a cesta apresentou crescimento de 0,58%, passando de R$ 309,95 para R$ 311,74.

Os produtos com as maiores altas em novembro, na comparação com outubro, foram: tomate (+ 11,01%), batata (+5,56%); e cerveja (+5,18%). Já os produtos com as maiores quedas foram no leite longa vida (-3,70%); carne dianteiro (-3,10%); e açúcar (-2,54%).

No acumulado dos onze primeiros meses de 2011, as categorias que apresentam as maiores altas são tomate (+37,83%); cebola (+24,04%); e cerveja (+13,02%). 

Tudo o que sabemos sobre:
vendasabrassupermercados

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.