Venezuela comprará 10 petroleiros da Rússia, diz agência

Acordo gira em torno de US$ 700 milhões

Priscila Arone, da Agência Estado,

22 de setembro de 2010 | 16h26

A empresa estatal de navegação da Venezuela assinou um acordo para a compra de dez petroleiros Aframax da empresa russa United Shipbuilding Corp. (USC) no valor de US$ 700 milhões, informou a agência russa de notícias RIA Novosti, citando Igor Ryabov, porta-voz da USC.

"O acordo é para a entrega de dez navios para a Venezuela até 2016", disse Ryabov, segundo a agência.

Segundo a RIA Novosti, três petroleiros serão construídos em fábricas na Coreia do Sul pertencentes ao Grupo Daewoo e os demais serão construídos na Rússia, sob supervisão de engenheiros da Daewoo.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaAframaxRússiapetroleiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.