Via Varejo fará oferta secundária de até R$ 4,8 bilhões

A Via Varejo publica nesta segunda-feira, 25, aviso ao mercado de sua oferta secundária de 107.562.595 units no Nível 2 da BM&FBovespa. A quantidade de units poderá ser acrescida de até 15% ou 16.134.389 units em lote adicional e 20% ou 21.512.519 units de lote suplementar. Com os lotes extras, a oferta de ações poderá chegar a até R$ 4,879 bilhões considerando o teto do preço sugerido, que vai de R$ 25,60 a R$ 33,60. Cada Unit representa uma ação ordinária e duas preferenciais de emissão da companhia.

BETH MOREIRA, Agencia Estado

25 de novembro de 2013 | 09h36

O preço será fixado no dia 12 de dezembro, quando se encerra o período de coleta de intenções de investimento (bookbuilding), que se inicia nesta segunda-feira. O período de reserva para investidores e para pessoas vinculadas tem início no dia 2 de dezembro, com encerramento no dia 11 do mesmo mês, conforme o cronograma da oferta.

A operação contará com regime de garantia firme de liquidação, sem considerar o lote suplementar e considerando as units adicionais na proporção e até os limites individuais de cada um dos coordenadores.

O início do prazo para exercício da opção de lote suplementar está marcado para 12 de dezembro, com encerramento em 28 de janeiro de 2014. O início das negociações das ações na Bovespa, sob o código "VVAR11", está previsto para 16 de dezembro. A data de liquidação ocorre no dia 18 de dezembro.

A operação contará com esforços de colocação no exterior e será liderada pelo Credit Suisse e terá ainda Bradesco BBI, Bank Of America Merrill Lynch (agente estabilizador), Goldman Sachs, Itaú BBA, JPMorgan, Santander e UBS.

Tudo o que sabemos sobre:
Via Varejooferta secundária

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.