Vigor Alimentos lucra R$ 26,5 milhões no 1º trimestre

A Vigor Alimentos registrou lucro líquido consolidado de R$ 26,5 milhões no primeiro trimestre deste ano, em comparação ao R$ 1,48 milhão no mesmo período do ano passado. A partir de 30 de junho de 2013, a Vigor passou a consolidar integralmente os resultados da Itambé Alimentos, elevando o nível de faturamento da companhia para R$ 1 bilhão, informa em comunicado o CEO, Gilberto Xandó.

AE, Agencia Estado

14 de maio de 2014 | 09h49

O Ebitda consolidado no primeiro trimestre deste ano foi de R$ 82,8 milhões, em comparação aos R$ 13,82 milhões em 2013. A margem Ebitda no período subiu de 3,9% para 8,1%. A receita líquida saltou de R$ 352,359 milhões para R$ 1,019 bilhão.

No primeiro trimestre deste ano foram comercializadas 201,5 mil toneladas de produtos, comparado com 85,1 mil

toneladas comercializadas no primeiro trimestre de 2013. "O novo nível de volume comercializado reflete a

consolidação dos números da Itambé Alimentos", argumenta a empresa.

A Vigor Alimentos acrescenta no comunicado que, com a consolidação da Itambé Alimentos, a receita líquida da companhia passou a incluir uma nova categoria ''Secos'', responsável por 38,2% do faturamento no primeiro trimestre deste ano. Esta categoria inclui os produtos leite em pó, doce de leite e leite condensado, comercializados com a marca Itambé. A participação de ''Lácteos'' respondeu por 35,6% da receita líquida, em linha com o trimestre anterior (quarto trimestre de 2013).

A companhia fechou o primeiro trimestre do ano com dívida líquida de R$ 853,5 milhões. Do total de R$ 1.101,6 milhões de dívida bruta, 37,6% ou R$ 414,1 milhões são de curto prazo e R$ 687,4 milhões (ou 62,4%) estão no longo prazo. Segundo a Vigor, o custo médio da dívida fechou em 12,19% a.a. no período analisado (integralmente em moeda local), impactado pelo aumento do CDI no período, que fechou o trimestre em 10,55%.

Tudo o que sabemos sobre:
Vigorbalanço1º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.