Viracopos negocia para TAM e Gol ampliarem voos

A concessionária Aeroportos Brasil Viracopos negocia incentivos para que TAM e GOL mantenham ou até ampliem seus voos de e para Campinas (SP). A informação é do diretor Comercial da concessionária, Aluizio Margarido. Segundo ele, além de redução de tarifas aeroportuárias, são oferecidas opções de infraestrutura física, como escritório e áreas estacionamento. "Como empresa privada, podemos fazer esse tipo de negociação", disse. Ele garantiu, no entanto, que as condições são isonômicas para as empresas.

LUCIANA COLLET, Agencia Estado

27 de agosto de 2013 | 12h28

Dessa maneira, o aeroporto tenta garantir a receita das duas maiores empresas brasileiras mesmo no momento difícil pelo qual passam as aéreas nacionais, diante de um mercado fraco e da escalada do dólar - cerca de 50% de seus custos são dolarizados. Com o cenário macroeconômico negativo, representantes das companhias já admitiram que estão buscando alternativas para manter suas margens operacionais, o que pode passar por uma reavaliação de suas malhas aéreas e novas reduções na oferta de voos.

Margarido comentou que em Viracopos já se observou uma redução no volume de passageiros e na carga transportada. Ele salientou, no entanto, que a empresa conseguiu manter sua receita no segmento de carga, que responde por 65% de suas receitas totais. "Recebemos predominantemente cargas com maior valor agregado, como eletroeletrônicos e produtos farmacêuticos", explicou.

A Aeroportos Brasil Viracopos é controlada pela Triunfo Participações e Investimentos (TPI), em parceria com a UTC Participações e a francesa Egis Airport Operational.

Tudo o que sabemos sobre:
ViracoposTAMGolampliação de voos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.