Virgin America submete registro para IPO nos EUA

Companhia aérea de baixo custo busca expandir participação no mercado de transporte aéreo dos Estados Unidos

REUTERS

28 de julho de 2014 | 09h30

A Virgin America, companhia aérea de baixo custo, parcialmente propriedade do empresário Richard Branson, entrou com pedido de registro para uma oferta pública inicial de ações (IPO), conforme busca se expandir no mercado de transporte aéreo dos Estados Unidos, que está em recuperação.

A empresa, que começou a voar em 2007, oferece voos para 22 cidades dos Estados Unidos e México, utilizando 53 aeronaves Airbus A320.

Branson detém uma participação de 22 por cento na Virgin America através do Virgin Group e um fundo de hedge.

A Virgin America foi classificada em primeiro lugar entre as companhias aéreas dos Estados Unidos nos últimos dois anos em estudo anual de desempenho de qualidade publicado por pesquisadores da Wichita State University e Embry-Riddle Aeronautical University.

Barclays e Deutsche Bank Securities são os coordenadores líderes da oferta, disse a empresa em um documento regulatório submetido nesta segunda-feira.

A companhia não divulgou a quantidade de ações que serão vendidas ou a bolsa onde será listada.

(Por Tanya Agrawal)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASVIRGINAMERICAIPO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.