Volkswagen quer vender 8 milhões de veículos em 2011

A Volkswagen planeja lançarmais de 20 novos modelos até o final da década, em uma apostapara ampliar vendas em quase 30 por cento, para 8 milhões deveículos em 2011, informou a quarta maior montadora do mundo. "Entre os focos estão segmentos como utilitários esportivos(SUVs), vans e picapes. Além disso, claro, os sucessores dasséries atuais, como o novo Golf", disse o presidente-executivoda Volkswagen, Martin Winterkorn, em entrevista anual àimprensa realizada nesta quinta-feira. A companhia também confirmou meta de vendas, receita elucro operacional recordes em 2008. A Volkswagen, que vendeu 6,2 milhões de veículos no anopassado, definiu meta ambiciosa de superar sua rival maiorToyota como maior e mais lucrativa montadora do mundo, em parteparte por meio de agressiva expansão em mercados emergentes. "Há 300 milhões de pessoas na China prontas para comprarseu primeiro carro. Na Rússia são 70 milhões. E na Ásia, 250milhões de pessoas desejam a mobilidade motorizada", disseWinterkorn. Ele elogiou a decisão da maior acionista da companhia, aPorsche de comprar controle majoritário da Volkswagen eminimizou especulação dee que a marca vai em breve buscarelevar seus próprios investimentos nos fabricantes europeus decaminhões Scania e MAN para forjar uma união tripla. Fã apaixonado de futebol, Winterkorn afirmou que a união daVolkswagen com a Porsche seria como ligar os talentos ehabilidades dos dois melhores jogadores dos clubes alemães VfLWolfsburg e VfB Stuttgart, o brasileiro Marcelinho Paraíba eMario Gomez. A companhia confirmou rumores de que estava concentrandosua pesquisa sobre uma nova fábrica na América do Norte queteria capacidade anual de 100 mil a 150 mil veículos nosEstados Unidos. A empresa informou que uma decisão pode sertomada este ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.