Volkswagen reduz previsão de vendas globais até 2018--jornal

A Volkswagen revisou suas previsões anteriores para vendas globais de carros para baixo, a 67 milhões de veículos, para o período até 2018, afirmou o alemão Automobilwoche, citando uma carta apresentada pela alta diretoria da VW.

23 Janeiro 2010 | 16h28

"Isso significa uma perda para o mercado global durante esse período equivalente a um ano inteiro", disse o gerente sênior de vendas do grupo, Detlef Wittig, em carta apresentada ao conselho-executivo da empresa.

"Esse efeito levará a entregas menores do grupo em relação ao plano anterior, e com isso a um menor resultado financeiro", explicou.

O jornal alemão do setor automotivo não citou uma razão específica para a revisão, mas muitas montadoras precisaram reduzir suas outrora ambiciosas metas de vendas após a crise econômica.

De acordo com a publicação, o presidente-executivo Martin Winterkorn manteve o objetivo de ultrapassar a Toyota como a maior montadora mundial até 2018.

Não foi possível contatar a Volkswagen para um comentário sobre o assunto.

(Reportagem de Christiaan Hetzner)

Mais conteúdo sobre:
AUTOS, VOLKS, REDUZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.