Volkswagen tenta liderança no Brasil com nova família Gol

A Volkswagen do Brasil lança nodomingo a quinta geração do carro mais vendido do país há 21anos, o Gol. O carro, que consumiu investimentos de 1,2 bilhãode reais, faz parte de uma família que deve contar com atéquatro modelos derivados e ajudar a empresa a retomar liderançano país, afirmou na quinta-feira o presidente da empresa noBrasil, Thomas Schmall. O novo veículo começará a ser vendido na próximasegunda-feira com motores 1.0 e 1.6 e equipado com quatroportas, um dia depois da festa de lançamento para 10 milconvidados e que contará com presença do presidente Luiz InácioLula da Silva. O preço será próximo ao da versão anterior do Gol, cujaversão mais básica de quatro portas custa cerca de 29 milreais, de acordo com a montadora. O novo modelo competirá com oPalio, da atual líder de mercado Fiat, e com o Celta, da GM . "O novo Gol faz parte de uma plataforma para nos dar umcrescimento sustentável. Um carro só não será suficiente (...)Mas vai depender de outros produtos que vamos explorar também",disse Schmall. "Vai haver uma nova família Gol, com três, atéquatro versões", afirmou o executivo, informando que o novo Golsedã deve ser lançado ainda este ano. A quarta geração do carroteve como derivadas uma picape (Saveiro) e uma perua (Parati). A Volkswagen continuará produzindo a geração anterior doGol, lançada em 2005, mas ela deixará gradualmente de serfabricada com quatro portas e passará a contar com apenas duas.Com isso, o carro será posicionado para concorrer maisdiretamente com o Uno, modelo mais básico da Fiat lançado hácerca de 20 anos e atualmente muito procurado por frotistas. "Para a liderança (do mercado) você precisa de produto ehoje nós temos produto. Tínhamos perdido um pedaço dessemercado de leves", disse Schmall, sem revelar números departicipação de mercado ou expectativas de vendas do novo Gol. "Hoje não se faz carro para um mercado só. O novo Gol tempotencial mundial, poderia ir para Índia e Rússia, por exemplo.Estamos estudando", afirmou o executivo, acrescentando queexportações do novo carro para a Argentina devem começar um mêsapós o lançamento no Brasil. Atualmente, o Gol só é produzidono país, de onde é despachado para 15 países. O Gol é o quinto carro mais vendido pelo grupo Volkswagenno mundo. Desde o lançamento da primeira geração do automóvelem 1980, a montadora vendeu 5,7 milhões de unidades. AUMENTO DE PRODUÇÃO O lançamento do novo Gol faz parte de um pacote deinvestimentos de 3,2 bilhões de reais que a montadora prevêdesembolsar entre 2007 e 2011 em novos produtos e que envolveua instalação de 500 novos robôs nas fábricas de São Bernardo eTaubaté (SP). Schmall afirmou que a Volkswagen do Brasil trabalhaocupando praticamente 100 por cento da capacidade produtiva desuas três fábricas no país que, além de São Bernardo e Taubaté,incluem uma planta em Curitiba. Apesar do nível de ocupação das fábricas, o executivoafirmou que há espaço para ampliações de unidades, compreferência da empresa à construção de uma nova planta ou a umaparceria. "Já temos três fábricas no Brasil, nosso foco éampliar o que já temos." A Associação Nacional dos Fabricantes de VeículosAutomotores (Anfavea) estima vendas de 3,06 milhões de veículosno Brasil em 2008, alta de 24 por cento sobre o ano anterior."Este ano, no Brasil, o mercado está perfeito. Já estamos nosegundo ano com crescimento acima de 20 por cento." Schmall informou que a Volkswagen prevê fabricar no Brasilem 2008 cerca de 800 mil veículos, chegando em 2009 a 900 milunidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.