Billy Weeks/Reuters
Billy Weeks/Reuters

Volkswagen vai reduzir investimento anual em € 1 bilhão

Empresa prevê gastos pesados com multas regulatórias, processos judiciais e novas tecnologias de diesel por causa da manipulação em testes de emissão

Dow Jones Newswires

13 de outubro de 2015 | 13h12

BERLIM - A marca VW, a principal da montadora alemã Volkswagen, anunciou um plano para corte de custos e mudanças em seus modelos a diesel em resposta ao escândalo de fraude relacionada a emissões de poluentes que afetou o grupo recentemente.

A divisão VW - que vendeu 4,6 milhões de carros em 2014 e gerou quase € 100 bilhões (US$ 113,76 bilhões) em receita - vai reduzir o volume de investimento anual em € 1 bilhão. A VW também vai acelerar um plano de corte de custos que provavelmente incluirá o cancelamento de alguns projetos que a companhia não considera mais uma prioridade.

As decisões foram tomadas enquanto o grupo Volkswagen acelera um plano para cortar custos em pelo menos € 10 bilhões por ano até 2018 como parte do esforço da companhia para dominar o mercado automotivo global. A Volkswagen prevê gastos pesados com multas regulatórias, processos judiciais e novas tecnologias de diesel em consequência do fato de ter admitido que fraudou testes de emissões de poluentes.

Em resposta ao escândalo, a VW está acelerando planos para desenvolver veículos elétricos e está descartando tecnologias atuais dos motores a diesel, usando, no lugar disso, conversores catalíticos seletivos AdBlue, que são mais caros, para reduzir a emissão de óxido de nitrogênio. 

Tudo o que sabemos sobre:
economiaVolkswagenfraudepoluentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.