Volkswagen vê retomada em 2010 após lucro fraco em 2009

A Volkswagen prevê retomada no lucro operacional este ano apoiada em aumento de volumes de vendas, enquanto continua sua campanha para destronar a Toyota da liderança do mercado automotivo mundial.

REUTERS

26 de fevereiro de 2010 | 15h46

A montadora alemã anunciou nesta sexta-feira que seu lucro operacional desabou 71 por cento, para 1,86 bilhão de euros (2,53 bilhões de dólares) no ano passado, ficando abaixo das expectativas de analistas, de 2,06 bilhões de euros.

A empresa ainda propôs corte de 17 por cento nos dividendos, para 1,66 euro por ação preferencial, apesar do lucro líquido maior considerando-se as regras contábeis da Alemanha.

A Volkswagen planeja emitir até 135 milhões de ações preferenciais, mais que dobrando o volume desse tipo de ação, para comprar a marca Porsche e rede de concessionárias, em uma operação combinada avaliada em 16 bilhões de euros a ser feita com ajuda de ações e dívida.

A companhia também acertou com a Suzuki no início de dezembro em comprar 19,9 por cento de participação na marca japonesa por 222,5 bilhões de ienes (2,49 bilhões de dólares), dando ao grupo alemão exposição indireta à líder do mercado de veículos, a Maruti Suzuki.

(Por Christiaan Hetzner)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOS, VOLKS, RESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.