Wal-Mart reduz previsão de investimento

O Wal-Mart reduziu nesta terça-feirasua previsão de investimento para seu atual ano fiscal,afirmando que continua concentrado em crescimento moderado dossuper centros de loja nos Estados Unidos. O varejista afirmou que para o ano fiscal findo em 31 dejunho de 2009, a expectativa é de que os investimentos fiquementre 13 e 14 bilhões de dólares, abaixo da estimativa anteriorde 13,5 a 15,2 bilhões de dólares. Em sua reunião de analistas em outubro, o Wal-Mart diminuiusua previsão de investimento e aplicou reduções em supercentros planejados --ou locações que combinam um loja dealimentos com uma loja de descontos-- à medida em que enfrentaredução nas vendas num mercado norte-americano saturado. A maior rede varejista do mundo afirmou que esse recuopossibilitará à empresa se concentrar em estimular as vendasnas lojas existentes, remodelando velhas unidades e melhorandosua classificação comercial. Nos meses recentes, as vendas do Wal-Mart em lojas abertashá pelo menos um ano têm alcançado os concorrentes à medida emque os consumidores norte-americanos, com o bolso apertado,procuram comprar itens básicos e medicamentos com desconto. Em maio, as vendas em lojas aberta há um ano do Wal-Martnos Estados Unidos subiram 3,9 por cento, acima do esperado,enquanto as vendas na rival Target apresentaram queda de 0,7por cento. (Reportagem de Nicole Maestri)

REUTERS

17 de junho de 2008 | 16h46

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASWALLMARTINVESTIMENTO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.