Wall St fecha em forte alta embalada por Fed e bancos

As ações norte-americanas tiveram,nesta terça-feira, a maior alta diária em mais de cinco anoscom o S&P 500 disparando depois do profundo corte do Fed nataxa básica de juro e dos resultados sólidos apresentados pordois grandes bancos de investimentos que renovaram a confiançados investidores após o choque com colapso do Bear Stearns. O Fed correspondeu às expectativas com o corte da taxabásica de juros para o nível mais baixo desde fevereiro de 2005e o S&P e o Nasdaq fecharam com ganhos de mais de 4 por cento,mesmo com uma redução um pouco menos agressiva do juros do quealguns em Wall Street esperavam. O índice Dow Jones avançou 3,51 por cento, fechando a12.392 pontos. O Standard & Poor's 500 subiu 4,24 por cento,para 1.330 pontos, maior alta diária desde outubro de 2002. O Nasdaq avançou 4,19 por cento, para 2.268 pontos, seumelhor desempenho em um dia desde março de 2003. O índice S&P de ações financeiras fechou em seu melhor diaem oito anos, saltando 8,5 por cento. Os bancos de investimentos Goldman Sachs e Lehman Brothersdivulgaram lucros trimestrais menores, mas ambos superaram asprevisões. Os resultados proporcionaram evidências de que osganhos dos bancos continuam intactos mesmo com a escalada dacrise do crédito, que forçou a venda do Bear Stearns no fim desemana por um preço irrisório. As ações do Lehman registraram alta de 46,4 por cento para46,49 dólares e os papéis do Goldman subiram 16,3 por centopara 175,59 dólares. "Houve um pânico tremendo. Pessoas jogando o bebê forajunto com a água do banho, se preparando para um furacão decategoria 5 (a mais forte), e isso oferece uma oportunidade decompra", disse Chip Hanlon, presidente da Delta GlobalAdvisors, em Huntington Beach,na Califórnia. "A economia irá provavelmente se recuperar mais para frenteneste ano, baseada no que o Fed está fazendo. O mercado estásubindo muito hoje. Ele tinha exagerado tanto nas vendas que eunão ficaria surpreso de ver novas altas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.