Wall St sobe com petróleo, Boeing e setor financeiro

As bolsas de valores norte-americanas terminaram em alta nesta quinta-feira, com os investidores interrompendo as vendas de ações do início do dia graças a um aumento nos preços do petróleo.

ANGELA MOON, REUTERS

27 de agosto de 2009 | 18h20

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 0,39 por cento, para 9.580 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,16 por cento, para 2.027 pontos.

O Standard & Poor's 500 ganhou 0,28 por cento, para 1.030 pontos.

O Dow Jones marcou o oitavo pregão seguido de ganhos, encabeçados nesta sessão pela Boeing, cujos papéis saltaram 8,4 por cento. A fabricante norte-americana de aviões informou que a aeronave 787 Dreamliner fará seu primeiro voo até o final do ano.

Nos três primeiros dias da semana, as ações subiram no início do pregão e caíram no final, mas isso não ocorreu nesta quinta-feira, uma vez que os papéis mostraram recuperação durante o dia.

Os preços futuros da commodity avançaram 1,06 dólar, fechando a 72,49 dólares o barril, após recuarem a 69,83 dólares mais cedo.

"O mercado deu a volta por cima quando os preços do petróleo subiram", disse o diretor-gerente de operações de ações norte-americanas da Canaccord Adams, em Nova York, Dave Rovelli.

"As ações do setor de energia estavam sendo golpeadas, e quando eles (os preços do petróleo) avançaram, o rali nos papéis desse segmento fez o mercado como um todo subir."

Os papéis da ConocoPhillips encerraram em alta de 0,3 por cento.

(Reportagem adicional de Herb Lash)

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.