Wall St sobe com recuo de petróleo e bancos

As bolsas de valores dos EstadosUnidos fecharam em alta nesta quinta-feira, depois que mais umasessão de queda do petróleo alimentou as expectativas derecuperação dos gastos do consumidor. Ações do setor financeirotambém reagiram após dois dias de baixa acentuada. O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York,avançou 0,72 por cento, para 11.615 pontos. O termômetro detecnologia Nasdaq subiu 1,03 por cento, a 2.453 pontos. Oíndice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,55 porcento, para 1.292 pontos. O mercado teve inicialmente uma queda após dados do governomostrarem que os preços para o consumidor subiram o dobro doesperado em julho, enquanto que dados semanais sobre odesemprego mostraram uma maior deterioração do mercado detrabalho. Mas enquanto a inflação continua sendo uma preocupação,investidores estavam otimistas de que as recentes quedas dascommodities-chave, particularmente o petróleo, irão refrear osa inflação no longo prazo. "O recuo do petróleo retirou as pressões do quadroinflacionário. Isto se traduz em uma recuperação natural nasações", afirmou Craig Peckham, estrategista de operações deações da Jefferies & Company. "O mercado está olhando realmente para os dados de inflaçãodesta manhã, o que era realmente assustador nas manchetes, epercebeu olhando mais para frente que as pressõesinflacionárias podem estar amenizando."

KRISTINA COOKE, REUTERS

14 de agosto de 2008 | 18h05

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.