Wall Street fecha em alta por aumento de vendas no varejo

As bolsas de valores dos EstadosUnidos fecharam em forte alta nesta quarta-feira, após umaumento inesperado nas vendas do varejo em janeiro ter sugeridoque os gastos do consumidor estão se mantendo, mesmo com outrosdados apontando a uma recessão. O índice Dow Jones subiu 1,45 por cento, a 12.552 pontos. OStandard & Poor's 500 teve alta de 1,36 por cento, para 1.367pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq ganhou 2,32 porcento, a 2.373 pontos. O setor de tecnologia foi impulsionado após a AppliedMaterials ter previsto forte demanda por seus equipamentos paraa produção de chips. Dados divulgados pelo governo indicaram vendas maiores dovarejo no mês passado, contrariando as expectativas apósindicadores negativos sobre postos de trabalho e do setor deserviços. Os gastos do consumidor correspondem a 70 por cento daatividade econômica dos EUA. Companhias industriais, que são particularmente dependentesdo crescimento econômico, estavam entre as principaisvalorizações nesta quarta-feira. A 3M, por exemplo, subiu 2,6por cento. "Muita atenção está focada na ansiedade sobre recessão, equalquer coisa que abafe essas preocupações é muito positivapara o mercado acionário", disse Eric Kuby, chefe deinvestimentos da North Star Investment em Chicago.

JENNIFER COOGAN, REUTERS

13 de fevereiro de 2008 | 20h24

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.