Wall Street tem queda por petróleo e temores de recessão

As bolsas de valores dos EstadosUnidos caíram mais de 1 por cento nesta quinta-feira, à medidaque um ganho nos estoques de petróleo provocou desvalorizaçãodas ações de energia. Além disso, a leitura mais fraca na atividade manufatureirado Meio-Atlântico desde 2001 aumentou os sinais de que aeconomia está perto de uma recessão. O índice Dow Jones recuou 1,15 por cento, a 12.284 pontos.O Standard & Poor's 500 declinou 1,29 por cento, para 1.342pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq perdeu 1,17 porcento, a 2.299 pontos. Os preços do petróleo fecharam em queda após superarem amarca de 101 dólares por barril no dia anterior, após o governoter informado que as reservas de petróleo bruto haviam subidomais do que o esperado. As ações da Chevron, que entrou no índice Dow Industrialsna terça-feira, caíram 1,8 por cento, enquanto o índice deenergia do S&P perdeu 2,1 por cento. Mais cedo, o Federal Reserve da Filadélfia informou que umíndice manufatureiro caiu novamente na região doMeio-Atlântico, e registrou a pior leitura em sete anos. Estessão os mais recentes dados em uma série de indicadoresapontando para uma forte desaceleração econômica epossivelmente uma recessão. Ações de empresas que seguem os ciclos econômicos estavamentre as maiores desvalorizações, incluindo a General Electric,que teve queda de 1,1 por cento a 33,69 dólares, e da Boeing,que recuou 2,4 por cento a 82,01 dólares por papel. "O índice do Fed da Filadélfia veio muito mais fraco do queo esperado. Ele basicamente tirou a força do mercado", disseFred Dickson, estrategista de mercado da D.A. Davidson.

CAROLINE VALETKEVITCH, REUTERS

21 de fevereiro de 2008 | 19h20

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.