Wedekin: novos títulos agrícolas movimentarão R$ 25 bi em 2 anos

Brasília, 4 - O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Ivan Wedekin, disse hoje que os novos títulos agrícolas devem movimentar R$ 25 bilhões em dois anos. Esse montante considera 5% da patrimônio dos fundos de investimento, que totalizam cerca de R$ 530 bilhões, informou. O "Diário Oficial da União" desta segunda-feira traz a Medida Provisória 221, que regulamenta o lançamento do Certificado de Depósito Agropecuário (CDA), do Warrant Agropecuário (WA) e autoriza o lançamento das opções privadas. O governo anunciou os títulos em junho, junto com o Plano Agrícola e Pecuário 2004/05, mas o lançamento dos papéis ainda dependia de regulamentação. Para detalhar as regras dos novos títulos, Wedekin vai participar na quarta-feira (6) de reunião com os integrantes da Câmara Setorial de Financiamento Agrícola e Seguro Rural. A reunião será às 10h, na sede da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), em São Paulo. Wedekin contou que o governo vai negociar com os parlamentares a modificação de trecho da MP 221. A mudança, disse, será proposta no item que trata do mecanismo de proteção (blindagem) contra as liquidações extrajudiciais das instituições financeiras envolvidas na operação. "Esse rito processual não pode ser regulamentado via MP. O assunto terá que ser formulado pelo legislativo", afirmou o secretário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.