Divulgação/WhatsApp
Divulgação/WhatsApp

WhatsApp contrata primeiro diretor no Brasil para ampliar negócios com empresas

Guilherme Horn, um dos fundadores da corretora Ágora e ex-funcionário dos bancos BV e Banco do Brasil, assumirá a operação no País a partir de março

Lucas Agrela, O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2022 | 19h06

O WhatsApp, aplicativo de mensagens da Meta (ex-Facebook), anunciou nesta terça-feira, 8, a contratação do primeiro diretor no Brasil para ampliar negócios com empresas. Guilherme Horn, um dos fundadores da corretora Ágora e ex-funcionário dos bancos BV e Banco do Brasil, assumirá a operação no País a partir de março. 

O WhatsApp faz negócios com empresas de grande porte, que integram o aplicativo a sistemas de relacionamento com clientes. Além disso, o aplicativo também é conectado a agregadores de plataformas de mensagens entre empresas e clientes, como é o caso da Zendesk.  O WhatsApp também possui um aplicativo para pequenas e médias empresas, o WhatsApp Business, mas essa opção é gratuita. 

"O WhatsApp está profundamente comprometido com o Brasil e estamos entusiasmados em continuar desenvolvendo produtos e trabalhando com a indústria, governo e sociedade civil para ajudar as pessoas a se conectarem, se comunicarem de forma privada e apoiarem a economia digital em rápido crescimento do Brasil. Como um empreendedor de sucesso, Guilherme sabe o que é preciso para construir parcerias significativas que possam atender comunidades e empresas locais em todo o Brasil”, diz, em nota, Will Cathcart, líder global do WhatsApp.

Tudo o que sabemos sobre:
WhatsappFacebookMeta [empresa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.