Whirlpool registra lucro 174% maior no 1º trimestre

A fabricante de eletrodomésticos Whirlpool informou que seu lucro subiu 174% no primeiro trimestre, para US$ 252 milhões, ou US$ 3,12 a ação, de US$ 92 milhões, ou US$ 1,17 a ação, no mesmo período do ano passado. Excluindo benefícios fiscais e outros itens, o lucro aumentou para US$ 1,97 a ação no primeiro trimestre, de US$ 1,41 a ação um ano antes. As vendas caíram 2,3%, para US$ 4,25 bilhões.

Agencia Estado

24 de abril de 2013 | 09h53

Os analistas consultados pela Thomson Reuters tinham previsto um lucro por ação de US$ 1,93 e receita de US$ 4,39 bilhões. A margem bruta aumentou para 17,1% no primeiro trimestre, de 14,9% um ano antes, à medida que os custos dos insumos declinaram 4,8%.

A receita na América do Norte, a região onde a empresa tem o maior volume de vendas, ficou estável em US$ 2,2 bilhões. Na América Latina, as vendas recuaram 7,7% no primeiro trimestre. Excluindo conversão de moeda e créditos fiscais brasileiros, o lucro na região subiu 2%. Na Europa, Oriente Médio e África, as vendas caíram 2,8%. As vendas na Ásia declinaram 7,4%, ou aproximadamente 4%, excluindo impactos cambiais. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Whirlpoolbalanço1º trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.