Whirlpool tem prejuízo de US$ 161 mi no 2º trimestre

A Whirlpool, dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, registrou um prejuízo de US$ 161 milhões no segundo trimestre, ou US$ 2,10 a ação, após reportar lucro de US$ 205 milhões, ou US$ 2,64 por ação, no mesmo período do ano anterior. Às 10h10 (de Brasília), as ações da Whirlpool caíam 1,90% no pré-mercado em Nova York.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

21 de julho de 2011 | 10h29

A companhia prevê que seu lucro no ano cheio será na ponta mais baixa de sua projeção de um lucro entre US$ 12 e US$ 13 por ação divulgada em fevereiro.

Excluindo itens extraordinários, o lucro da companhia recuou para US$ 2,76, de US$ 2,82. As vendas da Whirlpool subiram 4,2%, para US$ 4,73 bilhões. Os analistas ouvidos pela Thomson Reuters tinham previsto um lucro de US$ 2,83 e receita de US$ 4,74 bilhões.

A margem bruta caiu para 14,1%, de 16,8%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
prejuízoreceitaWhirlpool

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.