'Whitney Houston foi uma inspiração', revela Jack Ma, dono do site chinês Alibaba

'Whitney Houston foi uma inspiração', revela Jack Ma, dono do site chinês Alibaba

Homem mais rico da China conta que aprendeu a fazer discursos ao observar a cantora america no filme 'O Guarda-Costas'

Jefferson Graham, USA Today

28 de outubro de 2014 | 16h14


LAGUNA BEACH, CALIFÓRNIA - Jack Ma, o homem mais rico da China e diretor do site de comércio eletrônico Alibaba Group, é um grande fã de cinema.

Falando durante a conferência WSJDLive em Laguna Beach, ele contou como aprendeu a fazer discursos ao observar Whitney Houston em O Guarda-Costas.

"Quando ela canta, analisei sua linguagem corporal", disse ele. "Percebi que, se cantarmos a partir do coração", é possível fazer um discurso.

Ma, que disse planejar um encontro com estúdios de Hollywood na terça feira para falar na possibilidade de financiar filmes para exibição na China e nos dispositivos, citou outros filmes favoritos que serviram de inspiração, incluindo a série O Poderoso Chefão, e Forrest Gump.

"Essas são minhas musas inspiradoras."

Os sites do grupo Alibaba recebem 100 milhões de visitantes por dia, mas - quem diria - Ma diz nunca ter feito compras na internet. "Minha mulher faz."

Ma falou várias vezes na mulher. Disse que, quando fundou o Alibaba, perguntou a ela se preferia ser rica ou respeitada. Ela preferiu "respeitada, pois nunca pensou que eu ficaria rico". /Tradução de Augusto Calil

Tudo o que sabemos sobre:
Jack MaAlibaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.