Zenteno assumirá presidência da Claro no lugar de Cox

A operadora de telefonia Claro divulgou um comunicado nesta tarde no qual informa a decisão de João Cox de deixar a presidência da empresa após quatro anos no cargo. Segundo a Claro, a partir de 30 de agosto a presidência será ocupada por Carlos Zenteno, que há seis anos comanda as operações da companhia na Argentina, Uruguai e Paraguai. Antes da Claro, Cox foi presidente da Telemig Celular, comprada pela Vivo em 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.